Uma Noite Fora de Série


Posso estar enganado, mas acredito que não há nenhum diretor tão incompetente trabalhando em Hollywood quanto Shawn Levy, responsável por atrocidades como Recém-Casados e Doze é Demais. Dizer que este Uma Noite Fora de Série é seu melhor trabalho é dizer o óbvio: ao menos, o filme não é um desastre. Mas a "culpa" disso é muito mais do casal de protagonistas, os ótimos Steve Carrell e Tina Fey.

A história do casal que é confundido com bandidos é forçadinha, mas funciona. O primeiro problema é que, para uma comédia, há pouquíssimos momentos realmente divertidos, como o momento em que Carrell e Fey se disfarçam de esnobes num restaurante, ou a gag envolvendo o barco no parque. O resto são situações comuns com piadas que nem sempre funcionam tão bem.

Apesar de não gostar muito de Tina Fey como atriz (acho ela muito melhor como roteirista), ela e Carrell tem ótima química e conseguem divertir o público mesmo quando o diretor parece se dedicar para que isso não aconteça. E as pontas divertidas de James Franco, Mila Kunis e, principalmente, a de Mark Walhberg também colaboram para o filme, que tem mais prós do que contras, mas que fica longe de ser memorável.

NOTA: 5

0 comentários:

Real Time Web Analytics