Red - Aposentados e Perigosos


Fantasia divertida e alucinada sobre agentes aposentados da CIA que começam a ser perseguidos pela agência, o filme mistura duas fórmulas irresistíveis para o público: o do grupo que se reúne para o último golpe com uma comédia romântica, já que os personagens de Bruce Willis e Mary Louise Parker vão se conhecendo melhor durante a história.

Dirigido por Robert Shwentke, de Plano de Vôo e Te Amarei Para Sempre, Red - Aposentados e Perigosos é um filme de ação divertido e cativante. Criativo na construção dos personagens (principalmente o divertido paranóico de John Malkovich), o filme só é convencional nas cenas de ação, que não trazem nenhuma novidade, mesmo sendo competentes.

O forte de Shwentke como diretor é o visual, e ele não decepciona (aliás, ele está caminhando para ser o melhor discípulo de David Fincher, mesmo que seus filmes estejam longe da qualidade dos de Fincher). Bruce Willis é sempre um protagonista bacana, mas o destaque vão para os coadjuvantes John Malkovich e Helen Mirren, em papéis que, provavelmente, nunca iríamos atribuir a eles. E se Morgan Freeman pouco faz aqui (tem só uma cena boa, na verdade), Brian Cox e Mary Louise Parker levam um pouco mais de diversão para o filme.

Red - Aposentados e Perigosos poderia ser melhor se fosse mais ousado e menos convencional, cinematograficamente falando. Do jeito que ficou, até que está bom, mas é sempre chato pensar no final de um filme que "poderia ser melhor...".

NOTA: 7,5

0 comentários:

Real Time Web Analytics