Syriana - A Indústria do Petróleo


"Quando um país tem 5% da população mundial e 50% dos gastos militares, é porque seu poder de persuasão está em declínio..."

Syriana foi o filme certo, na hora certa. Escrito e dirigido por Stephen Gaghan (roteirista de Traffic), Syriana é um filme ambicioso, que narra a história de diversos personagens para mostrar um fascinante panorama do universo da exploração do petróleo dos Estados Unidos no Oriente Médio, e mais do que isso, mostrar as implicações políticas e sociais disto.

Enquanto acompanhamos um advogado que recebe a tarefa de descobrir se houve alguma fraude nas negociações que levaram duas empresas petrolíferas a criarem uma parceria, vemos também um jovem paquistanês que perde o emprego por esta causa, e acaba sendo levado para um grupo terrorista; um jovem de uma empresa de trading, depois de uma terrível tragédia pessoal acaba se tornando amigo de um provável sucessor do rei de um país árabe, considerado um terrorista pela CIA, pelo simples fato de ter aceitado uma oferta pelo petróleo chinesa sobre a americana.

Ao contrário do que Soderbergh fez em Traffic, ao utilizar diferentes filtros na câmera para facilitar a compreensão da história (que foi uma estratégia interessante), Gaghan parece não fazer a menor questão de facilitar nada para o público, mas sem que isso pareça arrogante: revendo o filme, é interessante perceber que o roteiro está muito mais preocupado nas relações pessoais dos personagens do que na complexa ligação entre uns e outros. Portanto, são as relações entre pais e filhos (ou um conflito de gerações) que marca toda a obra: o rei árabe que se divide entre passar seu trono para seu filho ambicioso ou o filho fraco, mas que tem o apoio dos americanos; o congressista que mora com seu pai alcóolatra em casa; o espião da CIA que mantém uma relação fria e distante com o filho (e a esposa e assim vai.

Contando ainda com performances magníficas de seu elenco (com destaque a Matt Damon, George Clooney e, principalmente, Jeffrey Wright), Syriana é um filme complexo, dramático e extremamente politizado. Um raro exemplo de todos os filmes norte-americanos lançados durante o mandato de George W. Bush.

NOTA: 10

2 comentários:

Marconi disse...

é difíl ver um filme que tem o "peito" de tratar de um assunto tão complexo... vale a pena pela qualidade artística e mensagem político-social.
http://cinespaco.blogspot.com/

brunabora disse...

Baixar o Filme - Syriana - A Indústria do Petróleo - http://mcaf.ee/812jo

Real Time Web Analytics