As Melhores Coisas do Mundo


Laís Bodanzky definitivamente não poderia fazer um contraponto maior ao seu filme anterior, o ótimo Chega de Saudade do que neste As Melhores Coisas do Mundo. Mostrando o mundo acéfalo e descerebrado adolescente com talento e sensibilidade, a diretora cria também um contraponto a idiotices como Garotas sem Rumo, onde os adolescentes são mostrados como completos imbecis quando na verdade... não são completos...

Protagonizado pelo estreante Francisco Miguez (grande revelação do projeto), o filme conta a história de Mano, um jovem de 15 anos que começa a sofrer as turbulências da puberdade, ao mesmo tempo em que seus pais se divorciam porque seu pai resolveu assumir seu romance com um rapaz. Em meio a isso, sua melhor amiga se apaixona por um professor, e a garota pela qual ele é apaixonado acaba "caindo na net" (sacaram, né?).

O melhor do filme é o roteiro, que evita ao máximo parecer complexo, e exibe uma corajosa simplicidade para retratar aquele mundo. Por outro lado, a trama do irmão de Mano, vivido por... Fiuk é aborrecida e se não atrapalha no início, acaba fazendo o final do filme ser arrastado pela atenção desnecessária que ganha (afinal, é a única trama que não parece natural na história).

Contando ainda com boas atuações de Paulo Vilhena (que tem o melhor personagem e as melhores cenas do filme) e Caio Blat, As Melhores Coisas do Mundo é um belo exemplo de como tem gente talentosa no cinema nacional e como faz tempo que filme brasileiros não são violões de uma nota só, como tem imbecil por aí que acusa...

PS: Fiuk deve ser o primeiro "ator" a usar o nick de msn como nome artístico.

NOTA: 8

5 comentários:

Daniela Gomes disse...

Rindo muito do seu P.S! heehehe
Estou bastante ansiosa para ver este filme. Até agora não li nada negativo a respeito e isto é ótimo, se tratando de um filme nacional aos quais, como você mesmo disse, não faltam críticas negativas de pura aversão inveterada. Outro nacional que estou na expectativa, é o independente "Apenas o Fim". Vi os 10 min. iniciais e estou encantada. Já viu?

Tiago Lipka disse...

Ainda não assisti o Apenas o Fim. Ficou pouco tempo em cartaz aqui, e nada do DVD, porenquanto. :/

Mas quero muito ver. Abraço o/

Alan Raspante disse...

Cara, pelo visto esse filme agradou mesmo. Estou esperando ele estreiar aqui para eu ver.
Uma pena que tem Fiuk, pois se ele atua bem como em Malhação..DEUS ME LIVRE ! hehehehe
cinemapublico.blogspot.com

Mari disse...

É... parei com o "preconceitinho" como vc fala. O filme é realmente bom! Nota 8,0!

Marconi disse...

depois de "bicho de sete cabeças" lais mostra mais uma vez seu talento. muuito bom!
http://cinespaco.blogspot.com/

Real Time Web Analytics