A Outra História Americana


Parece uma piada de mal gosto que Edward Norton não tenha vencido o Oscar de Melhor Ator por sua interpretação absolutamente perfeita neste igualmente perfeito A Outra História Americana. Escrito pelo irregular David McKenna e dirigido por Tony Kaye (que só voltou a receber alguma atenção a alguns anos atrás com o documentário Lake of Fire), o filme é provavelmente um dos melhores e mais instigantes já feitos sobre intolerância racial. Assim como Crash - No Limite ou qualquer filme de Spike Lee, o filme defende a teoria que o racismo está enraizado na cultura americana de maneira muito mais profunda e complexa do que se imagina.

Derek Vinyard é um jovem frustrado, que depois do assassinato do pai acaba se deixando levar pela ideologia nazista, e logo monta uma perigosa gangue que aterroriza sua cidade. Porém, depois de matar dois assaltantes que iam roubar seu carro, ele é enviado para a cadeia. Seu irmão Danny (Edward Furlong, em sua melhor interpretação) admira seu irmão e acaba se envolvendo com a mesma ideologia, algo que se torna um enorme peso para Derek, já que a cadeia mudou sua vida.

Utilizando uma estrutura sábia e um uso de preto e branco absolutamente perfeito, o diretor Tony Kaye faz um trabalho de câmera excepcional, ora filmando com a câmera na mão num estilo documental, e utilizando o recurso de slow-motion de forma inigualável, principalmente na cena do assassinato (um dos mais cruéis já vistos no cinema, inclusive). 

O roteiro é tão direto e perturbador que incomoda, instiga a todo momento. Em alguns momentos, a sensação é a de um grito silencioso surgindo em nossa garganta. A Outra História Americana se apresenta como um dos melhores filmes sobre redenção, mas quando tudo parece estar certo, no final o filme ainda guarda um último soco no estômago do espectador, que deixa marcas profundas e difíceis de apagar, assim como a imensa suástica tatuada no peito de Derek Vinyard. 

NOTA: 10

3 comentários:

Dave Coelho disse...

Esse eu nunca vi por pura irresponsabilidade mesmo.
Mas que bom que vc escreveu sobre. Vou correr atrás do prejuízo.

:D

Tiago Lipka disse...

Ok, me agradeça depois :P

Abraço o/

Dave Coelho disse...

Okay, voltando pra agradecer :D
Filmão.

Real Time Web Analytics