Julie & Julia


Comédia divertida que seria muito melhor se não tentasse dar uma de As Horas, ao alternar duas histórias ligadas através de um livro. A história de Julia, interpretada com o talento de sempre por Meryl Streep é muito mais interessante que a de Julie, da fofinha cuti-cuti (desculpem por isso) Amy Adams que atua com o carisma de sempre, mas tem uma personagem chata.

Aliás, é curioso que absolutamente nenhum conflito apresentado na trama seja minimamente interessante, e olha que o filme se esforça nesse sentido. E mais curioso ainda é que o filme provavelmente funcionaria sem nenhum desses conflitos. Contando com uma montagem desinspirada, que jamais consegue ir de um período ao outro de maneira natural (ou um roteiro mal-estruturado, it's your call), Nora Ephron ao menos faz um trabalho competente na direção ao transformar a miúda Meryl Streep na mulher de 1 metro e 90 que ela representa. Stanley Tucci e Jane Lynch são outros grandes destaques, especialmente Lynch, que tem uma química tão inusitada com Streep, que seu tempo tão pequeno em tela é lamentável.

Porém, minha maior reclamação quanto a Julie & Julia está num detalhe que só é apresentada em seus minutos finais, e portanto, só leia o próximo parágrafo caso já tenha assistido o filme, senão... again... it's your call:

NOTA: 6

(Spoiler)

Uma coisa que me incomodou durante todo o filme foi como a jornada das duas mulheres se preocupava tanto em igualar dramaticamente a história de uma com a outra. O que piorou tudo? Saber que isso era apenas um golpe para uma "reviravolta": Julia Child odiou a idéia do blog de Julie. E como poderia ser diferente, se Julie a chavama até mesmo de 'bitch' em alguns momentos no blog?

E o filme ainda tenta nos convencer de que Julie estava certa? Ora, blogueiros são uma raça que, há tempos, tem que aprender que são gente, e que o mundo não gira ao redor deles (e me incluo nessa categoria; nunca me afirmei como dono da verdade em momento algum). E que Nora Ephron tenha igualado a história de uma mulher que levou oito anos escrevendo um livro com uma blogueira que levou... um ano escrevendo um blog já mostra que o filme nasceu um pouco errado.

0 comentários:

Real Time Web Analytics