007 - Quantum of Solace


Primeiro, não dá pra negar que 007 - Quantum of Solace seja um bom filme de ação. Segundo, se não fosse por um detalhe chamado Cassino Royale, certamente eu o consideraria bem melhor. Mas como continuação, este filme se mostra uma grande decepção, praticamente trocando a elegância e inteligência da obra anterior por muito mais ação e muito menos do surpreendente desenvolvimento do clássico personagem James Bond.

Dirigido pelo normalmente confiável Marc Forster, Quantum of Solace já decepciona nos melhores momentos das cenas de ação, que são extremamente dependentes de efeitos especiais. E se a trama acerta na simplicidade, e principalmente ao não se preocupar em manter uma deixa para a continuação, é lamentável que personagens intrigantes como Mathis ou o interessante agente da CIA interpretado por Jeffrey Wright sejam transformados em meros coadjuvantes de luxo. E se Olga Kurylenko é linda mas atua tão bem quanto um poste, a agente interpretada por Gemma Arterton tem muito menos tempo em cena, mas é muito mais marcante.

Enquanto isso, Daniel Craig continua se mostrando o melhor intérprete do famoso espião (Sean Connery my ass!), e é uma pena que, ao contrário de Cassino Royale, Quantum of Solace evite ao máximo explorar qualquer nova faceta do personagem. Mesmo assim, Craig é um excelente ator, e consegue fazer bonito com o pouco que lhe é dado. Algo que também acontece com o ótimo Mathieu Amalric que empresta seu talento ao vilão que não apenas se revela decepcionante, como também um pouco mais burrinho do que o ideal. 

Agora é esperar para que o novo 007 faça justiça ao que foi Cassino Royale, que não foi apenas o melhor filme do agente, como também um dos melhores thrillers lançados nos últimos anos. 

NOTA: 6

1 comentários:

Anônimo disse...

Nice brief and this fill someone in on helped me alot in my college assignement. Gratefulness you for your information.

Real Time Web Analytics