Michael Jackson's This Is It


Colocando os pingos nos is antes de tudo: nunca fui um grande fã de Michael Jackson, mas não posso dizer que não gosto de suas músicas (embora eu possa contar nos dedos as que eu realmente gosto). Mesmo assim, imagino que se eu fosse um grande fã do cantor, eu teria gostado ainda menos de This Is It, que não apenas foi vendido de maneira mentirosa ao dizer que mostraria um lado do cantor que ninguém conhecia, quando é apenas um making of montado de qualquer maneira. 

O filme começa de maneira divertida, mostrando depoimentos emocionados dos dançarinos por trabalharem junto de Michael. E em vários momentos, vemos o cantor cooperando com sua equipe, conversando com os músicos, interagindo de forma carismática com a pequena platéia que acompanha tudo, e são estes os melhores momentos do filme, mas agora calcule: em quase duas horas de filme, cenas como essas aparecem em menos de meia hora. De resto, vemos várias músicas filmadas em diversos ensaios, o que não é de todo ruim, mas logo fica cansativo. 

Talvez o maior problema do documentário tenha sido o diretor, Kenny Ortega, que também era o diretor do show. Impossível não pensar que ele não queria mostrar apenas o talento de Michael, mas o seu trabalho com Michael. Um pequeno detalhe que faz toda a diferença, e estragou uma excelente oportunidade de prestar uma bela homenagem a um dos grandes nomes da música da história.

NOTA: 4

0 comentários:

Real Time Web Analytics