Um Louco Apaixonado



Um Louco Apaixonado é uma forte prova de que um bom elenco não garante um bom filme. É incrível como Simon Pegg, Jeff Bridges, Kirsten Dunst, Gillian Anderson, Danny Huston (e vá lá, Megan Fox) estejam todos muito bem em seus personagens (em especial, Pegg e Bridges), mas o roteiro é tão fraco, e a montagem tão lerda que o filme é arrastado e pior, exibe uma pretensão terrível ao ficar citando A Doce Vida de Fellini.

"Baseado em fatos reais", conta a história de Sydney Young, um repórter inglês que é chamado para trabalhar numa importante revista norte-americana, e lá começa a arrumar confusões por todos os lados, seja sendo inconveniente até mesmo nas roupas que usa, até se apaixonando por uma atriz e odiando um diretor de cinema (simplesmente por não ir com a cara dele).

E o filme já deixa a desejar nisso: ao contrário do que os realizadores do filme devem ter pensado, Sydney Young não é um personagem pelo qual o público torce: pelo contrário, arrogante e incrivelmente idiota, o personagem é superficial, implicante e... imbecil, e só a divertida maneira como Simon Pegg o encarna justifica que acompanhemos a sua jornada.

Aliás, a única coisa realmente boa do filme é ver Megan Fox de lingerie. Sim, ela aparece de lingerie. E eu me obrigando a ver Transformers por causa dela. Hunf...


NOTA: 3

0 comentários:

Real Time Web Analytics