O Dia em que a Terra Parou



É um bom filme ruim, que funciona como uma comédia involuntária graças a performance de Keanu Reeves ("Vai demorar para me acostumar com esse corpo..."), e o suspense do início que é resolvido em falas como "Eu não posso dizer o que você está indo fazer, pois eu também não sei". Mesmo assim, O Dia em que a Terra Parou é um filme até que divertido e tem uma história interessante o suficiente para manter nossa atenção.

Dirigido por Scott Derrickson que realizou antes o também fraquinho O Exorcismo de Emily Rose, O Dia em que a Terra Parou é um filme catástrofe de mente ambientalista (algo que me remete ao tenebroso Fim dos Tempos) mas infelizmente, é nos momentos em que o filme tenta se levar a sério que o roteiro se mostra muito mais fraco do que o aconselhável. Aliás, em apenas uma cena o filme consegue discutir sua ideologia de maneira interessante (aquela com o personagem de John Cleese).

Mas no final das contas, é um filme pipoca e deve ser tratado como um, e mais uma vez o filme decepciona, principalmente nos efeitos especiais que se mostram apenas competentes (e as cenas de destruição são decepcionantes) ou fracos como o robô gigante Gort e os insetinhos de outro mundo, que chegam a ser constrangedores. E no elenco, Jaden Smith surge como destaque inquestionável da produção, atuando de maneira irritante e criando o personagem mirim mais aborrecido dos últimos tempos, enquanto Jennifer Connelly e Kathy Bates fazem o possível com o fraco material em mãos.

E chegamos agora em Keanu Reeves: ator com sérios problemas de interpretação, Reeves não é exatamente um ator ruim, mas é um ator muito dependente de personagens específicos. Não acho que ele seja o ator mais inexpressivo de todos os tempos como é alardeado, até porque gostei muito de suas interpretações em O Homem Duplo, O Dom da Premonição e Constantine, por exemplo, mas acho que escolher esse papel nesse filme foi quase como entrar numa piada interna de Hollywood, um tiro na própria perna. Mas ele ganhou seus milhões e o que a gente tem a ver com isso?

NOTA: 5

0 comentários:

Real Time Web Analytics