Uma Garota Irresistível



Uma Garota Irresistível perdeu a oportunidade de ser um grande filme pela covardia do roteiro e por não perceber o que havia de realmente interessante na história. Contando a história trágica de Edie Sedgwick, uma jovem que sonha em ser artista que acaba se tornando musa de Andy Warhol, até acabar tendo um caso com Bob Dylan.

E quando citei a covardia do roteiro, não falei a toa, já que apesar do visual, da história e tudo mais remeterem a Bob Dylan, o filme nunca cita o nome dele (a não ser em uma cena que Edie o chama de Billy... hum...). Fora isso, se o filme conseguia escapar de seu pior defeito (que é jamais conseguir estabalecer quanto tempo se passa entre uma cena e outra) pelas ótimas cenas entre Edie e Warhol, é lamentável que no terceiro ato o roteirista e diretor George Hickenlooper jogue toda a boa construção dos personagens ao transformá-los em mocinhos e bandidos.

E se o filme consegue escapar da mediocridade é pelo elenco liderado por Sienna Miller que faz um trabalho soberbo como Edie, e Guy Pearce numa atuação inspiradíssima como Andy Warhol. Aliás, até Hayden Christensen se sai bem como Bob Dyl... ops, Billy, enquanto Jimmy Fallon e Mena Suvari parecem completamente deslocados.

Beneficiado também pela excelente montagem, que assim como Milk consegue misturar cenas de diferentes épocas e formatos de maneira orgânica, Uma Garota Irresistível tem um pequeno trunfo por trás de si: Edie se envolveu com dois grandes artistas de gênios e opiniões completamente diferentes, e não é a toa que o filme só cresce quando Andy Warhol e Bob Dylan falam de sua arte, enquanto Edi se vê claramente dividida em suas opiniões. Pena que nenhum dos realizadores percebeu que essa foi a grande tragédia da história.


NOTA: 7

2 comentários:

A. Mariah disse...

Personagens com nomes de peso. A história é baseada em fatos reais? Adoro buscar informações sobre a trama antes de assistir, assim consigo ver a visão do diretor e do roteirista sobre o assunto.

Tiago Lipka disse...

A história é baseada em fatos reais, sim, mas o filme é muito mais uma especulação do que teria acontecido.

Aliás, se você pesquisar sobre o filme, vai descobrir que vários amigos de Andy Warhol e o próprio Bob Dylan processaram os produtores do filme.

Real Time Web Analytics