Feliz Natal (2008)



O filme acerta na mensagem: a simples preocupação do fim das tradições em família tem um fundo muito mais complexo do que se imagina. Os conflitos de gerações são sempre estimulados por eventos externos que parecem servir apenas para mostrar quem realmente se preocupa com quem. A consequência disso é o distanciamento dos membros familiares, e um curioso círculo vicioso de erros e decepções. Por outro lado, Feliz Natal, primeiro longa-metragem de Selton Mello é um filme habitado por personagens que não são nem um pouco interessantes de acompanhar, e por consequência, é como se fôssemos obrigados a passar horas ao lado de pessoas que nos desagradam de maneira igualmente desagradável.

Claramente, Mello optou por uma estética do cinema marginal brasileiro, mas acabou exagerando na dose, principalmente na insistência chata de manter a câmera sempre MUITO perto a ação (algo que também me incomodou em outro filme nacional, Madame Satã). Apesar da situação da festa de natal ser bem construída, o roteiro não dá tempo para que exploremos nenhum traço psicologicamente interessante nos personagens: portanto, as discussões que logo começam a marcar o filme ficam vazias e desnecessárias já que não entendemos ou sequer torcemos por qualquer um dos lados envolvidos.

O filme melhora um pouco na segunda metade, mas não o suficiente. Depois de entender seus personagens e suas motivações, lamentei ter testemunhado só uma festa de natal ao lado deles que não faz nenhuma revelação ou sequer algum evento fascinante. Vale dizer também que na tentativa de criarem uma dramaturgia realista, infelizmente o roteiro tem cenas que parecem ter saído de um quadro do Hermes e Renato ("você jogou fora meu peru").Já o melhor aspecto de Feliz Natal são as atuações, todas perfeitas, e se destaco alguma atuação, acabo destacando a das crianças vistas no filme que, pasmém, atuam como crianças de verdade.

Feliz Natal é um filme bastante irregular que apesar do grande esforço do elenco não consegue brilhar em nenhum momento. Selton Mello tem que melhorar sua direção no sentido de como conduz a narrativa e se importar mais com seus personagens do que com o visual do filme, parte na qual ele acaba se destacando. Uma pena, afinal torcia para estar assistindo um grande filme nacional.

NOTA: 6

0 comentários:

Real Time Web Analytics