Coraline e o Mundo Secreto



Muitas pessoas comentam que Coraline e o Mundo Secreto não é um filme para crianças, algo do que eu discordo. Sim, a obra é perturbadora e contém sua parcela de elementos adultos, como o nome do personagem Wyborne (que fonéticamente diz Why Born? ou Porque nasceu?). Mesmo assim, Coraline é basicamente um filme de terror feito para crianças, que se de início apresenta uma divertida trama, repleta de poesia e cores, logo se torna um terrível pesadelo.

Baseado no livro escrito por Neil Gaiman (que já havia escrito uma história semelhante em Máscara da Ilusão) e adaptado e dirigido para o cinema por Henry Sellick, Coraline é um triunfo em vários sentidos: por exemplo, pela primeira vez, Sellick usa seu grande talento com o stop-motion aliado a um ótimo roteiro e sem chatos números musicais. E a combinação da técnica do stop-motion com efeitos especiais fazem dele uma experiência visualmente única, e a cena em que vemos o jardim num plano plongé é provavelmente uma das melhores cenas já criadas pela técnica.

A história, repleta de simbolismos, mostra Coraline, uma garota solitária que ao se mudar para uma casa nova, não recebe atenção dos pais e não suporta os estranhos vizinhos. Ao explorar a casa, descobre uma porta, e ao atravessá-la, chega a uma realidade alternativa, onde seus pais lhe dão atenção, seus vizinhos são amigáveis e divertidos, enfim, um mundo perfeito. O filme pode ser interpretado como uma severa crítica ao sonho americano, o american way-of-life mas resumir a isso é diminuir essa obra-prima.

A partir da metade do filme, quando a realidade alternativa começa a se tornar um terrível pesadelo para a protagonista, Coraline se torna uma obra muito mais ambiciosa e genial do que eu esperava. Sem dúvida, é o melhor stop-motion já realizado (em todos os sentidos) e mais uma prova de que Neil Gaiman deve ser muito mais adaptado para o cinema.

NOTA: 10

2 comentários:

O Cara da Locadora disse...

É um filme muito bem feito e lindo, não??? Mas... eu ainda acho que crianças menores de 6 anos morreriam de medo, rs...

Tiago Lipka disse...

Sim, acho que crianças irão se borrar de medo assistindo, mas será um medo "saudável".

Abraço o/

Real Time Web Analytics