O Segurança Fora de Controle


 
Numa cena de O Segurança Fora de Controle, um personagem fica escondido para ver uma cena que ele acha que será hilária. Antes da cena acabar, ele sai lamentando - "Eu achei que ia ser engraçado... mas é meio triste na verdade". Curiosamente, essa é a melhor descrição para o filme, que, sim, é exatamente a comédia besteirol que o trailer prometia, mas que tem uma dramaticidade que chega a ser surpreendente e, pasmém, acabei lamentando o fato de o filme não tentar se levar tão a sério.

Seth Rogen está ótimo como Ronnie, o segurança do shopping local que sofre de transtorno bi-polar e tenta fazer ao máximo para poder usar da violência, o grande escape de suas frustrações. A escalação de Ray Liotta e Michael Peña foram outros dois grandes acertos, e o único tropeço no elenco acaba sendo Anna Farris, que parece não ter lido direito o roteiro. O diretor Jody Hill também faz um trabalho surpreendente, com enquadramentos bem compostos e cenas marcantes, como o inusitado plano-sequência no início.

Mas o melhor do filme é seu personagem principal, o eterno perdedor Ronnie, e o roteiro usa de muitas referências para definí-lo: a mais óbvia é a narração em off claramente inspirada em Taxi Driver; por outro lado, seus delírios me lembraram muito o protagonista do ótimo Psicopata Americano. E basta ver o nome dos dois filmes citados para ver o tamanho da encrenca que é o protagonista. Utilizando a mesma técnica narrativa de filmes como Taxi Driver e Tropa de Elite, em que vemos o ponto-de-vista de personagens violentos e perturbados (o que é sempre corajoso e mal-interpretado), O Segurança Fora de Controle é um filme que realmente merece ser visto, tanto pelo curioso estudo de personagem que ele faz quanto pelo lado... Joselito, dele, digamos, afinal, não esqueçam: é uma comédia. E das mais dementes.

NOTA: 8,5

5 comentários:

Pedro Tavares disse...

Parece ser ótimo :)

NR disse...

Olha, se tem um gênero de filmes que eu não gosto é besteirol americano - mas pelo que voc~e descreveu parece ser interessante.
não tinha ouvido faalr desse filme ainda, mas vou procurar assisti-lo.
Inclusive, achei seu blog lá no Filmow, e também tenho um blog sobre filmes, posso linká-lo no meu?

Tiago Lipka disse...

Pode linkar com certeza. =)

Abraço.

O Cara da Locadora disse...

Sei lá, acho que o filme só consegue ser levado a sério no final... Quando ele despiroca (sem mais detalhes)... FOra isso, achei chato e efadonho...

Anônimo disse...

o filme eh horroroso e nojento

Real Time Web Analytics