Nem Por Cima do Meu Cadáver




Comédia romântica bacana, que mesmo dentro de todos os clichês imagináveis, é criativa e divertida o suficiente para merecer uma recomendação. Contando a história da mulher que ao morrer no dia do seu casamento, resolve impedir o romance de seu marido com uma nova mulher, que é uma vidente, começa a assombrá-la.

As melhores piadas do filme vem desses momentos inclusive, e mesmo que o fato de a trama se passar num mundo fantástico abra caminho para várias situações que poderiam ser muito mais inusitadas que as apresentadas no longa, confesso que admirei como as gags funcionavam, principalmente talvez pela ótima química entre Eva Longoria Park e Lake Bell. E o elenco masculino não fica atras: demonstrando um talento sempre extraordinário, Paul Rudd é um desses raros atores que parecem deixar um filme melhor simplesmente por sua presença, e até o malinha Jason Biggs acaba brilhando, principalmente no terceiro ato.

Mesmo sendo uma comédia romântica sem muitas novidades, Nem Por Cima do Meu Cadáver é um filme interessante e divertido, e se tivesse um capricho melhor no roteiro e na escolha da trilha sonora (que é péssima), poderia até se tornar em uma obra memorável.

NOTA: 7,5

0 comentários:

Real Time Web Analytics