Harry Potter e o Enigma do Príncipe



Pela primeira vez, a saga Harry Potter consegue dois filmes ótimos em seguida. Pena que este O Enigma do Príncipe seja inferior a Ordem de Fênix, já que todos os avanços da obra anterior foram ignorados, assim, volta o quadribol chato e, principalmente, os romances melosos que atrapalham todo o desenvolvimento da história.

O filme começa muito bem, com uma abertura muito bem filmada e editada, e até o fim do primeiro ato, é realmente memorável. Depois, só cresce em intensidade no seu ótimo final. É uma pena constatar, porém, que a autora J.K. Rowling não é das melhores. Suas pistas-recompensas são as vezes ignoradas. O romance entre Harry e a garota do Cedrico, por exemplo, foi completamente esquecido para dar fruto em outro romance. E isso é um problema sério que a franquia tem.

O bom desta obra é finalmente dar espaço para Alan Rickman, sempre genial em qualquer momento ou circunstância, para desenvolver o professor Snape, de longe, o melhor personagem da franquia. Harry Potter também deu uma melhorada, com uma arrogância que fez bem no personagem. Só é lamentável que David Yates tenha deixado sua direção mais certinha que na obra anterior. Mesmo assim, fico ansioso para ver as próximas obras.

NOTA: 8

3 comentários:

Priscylla disse...

Seria um ótimo filme se eu nao tivesse uma imaginação tão fértil ou não tivesse lido os livros. Concordo com a parte do romance, sinto que a autora criou um romance tapa buraco pro Harry que não convence ninguém e só toma espaço na história a troco de nada. Se tem uma coisa que eu não esperava deste filme era risos, me diverti muito com o Rupert Grint.

Luix disse...

Pois é, os romances foram meio bizarros ali no meio, MAAAAAS foi o primeiro filme em que plantaram a semente do próximo em algo além da história principal. Quero dizer que até então parecia que cada filme era idependente no que se refere a vida pessoal das personagens, nesse eles exploram. Tá, não quero dizer que isso é bom, só tou dizendo que fizeram.
Concordo que a abertura é ótima, e que de fato tiveram bom-humor no filme. E achei que dessa vez o quadribol não foi babaca, só pra mostrar efeitos de vassoura voando.

mari disse...

9,9...só tiro um décimo por causa dos romances na história que pareceram meio bobos. Pois o filme é muito bom, adorei, acho que não esperava tanto! já posso dizer q pra mim foi um dos melhores filmes do ano!

Real Time Web Analytics