Marley & Eu



Curioso... ontem assisti um filme que considerei um passatempo descartável (O Amor Não Tira Férias), e hoje assisti um filme que, mesmo sem ter assistido, já o considerara o mesmo. Enfim, Marley & Eu acaba surpreendendo quem gostaria apenas de um passatempo descartável, justamente por não ser apenas um filme sobre um cachorro: é, na verdade, um drama familiar instigante que, oras bolas, tem um cachorro no meio.

Owen Wilson e Jennifer Aniston carregam muito bem o filme com sua química invejável, mas o show mesmo é de Aniston, que cria uma personagem complexa por suas qualidades, e principalmente, por seus defeitos. E falando no elenco desse filme, indispensável dizer o quanto é um prazer ver Alan Arkin trabalhando. Que ator sensacional!

Enfim, o filme tem seus momentos de excesso na água-com-açúcar, mas sobrevive graças a boa estruturação dramática do roteiro. A montagem do filme também ajuda a desenvolver de maneira fascinante a narrativa, fazendo com que a passagem dos anos soe natural.

Contando com um final realmente emocionante, Marley & Eu pode não parecer mais do que uma comédia dramática convencional, mas tem o coração no lugar certo, e as vezes isso já é o suficiente.

NOTA: 8

4 comentários:

Pedro Tavares disse...

É como o filme se vende né? E talvez isso tenha criado uma barreira para eu assisti-lo. Mas as críticas são sempre positivas (bastante emotivas também) em relação ao filme...

Tiago Lipka disse...

Pois é, mas apesar de tudo vale uma conferida. =)

Luix disse...

O cachorro morre?

Tiago Lipka disse...

Essa é a grande surpresa do filme... não me atrevo a contar...

Real Time Web Analytics