Os Simpsons - O Filme



Convenhamos: Não tinha como dar errado. Claro que enquanto o primeiro longa-metragem baseado no desenho animado mais bem sucedido da história era produzido, os fãs se questionavam se a família Simpson funcionaria bem em um filme de cinema. Pergunta respondida nos primeiros e hilários trailers que brincavam com o desenho ser 2D e logo em sua primeira cena, em que Homer questiona porque vai ao cinema assistir algo que pode ver de graça na televisão (no caso, o filme de Comichão e Coçadinha).

Os Simpsons - O Filme não esconde o fato de ser um episódio de uma hora e meia do seriado. Ou seja, há um acúmulo de piadas não bem aproveitadas, como o já famoso Porco-Aranha que simplesmente desaparece da história. Mesmo assim, o filme cumpre exatamente a curiosa característica que o desenho possui: por mais humor negro que contenha, por mais alfinetadas que a família Simpson e sua galeria invejável de coadjuvantes espalhe na sociedade e até com o governo dos Estados Unidos, há um elemento claro de doçura que nos mantém conectados com seus personagens.

E talvez até por isso, sabendo que o filme tem seus altos e vários baixos, que seja tão difícil dar uma nota baixa para ele.

NOTA: 8,5

0 comentários:

Real Time Web Analytics